Tipografia

Publicado em 15 de agosto de 2018 às 18:13

Você sabe o que é Tipografia? Tipografia vem do grego typos — “forma” — e graphein — “escrita”. De certa forma a tipografia recua à época da pré-história, quando os homens primitivos esculpiam os caracteres nas paredes das cavernas em forma de desenho, para representar as tarefas do seu cotidiano.

 

Ao criar a imprensa no século XV, o alemão Johannes Gutenberg veio usando a escrita gótica. Logo depois surge o tipo Romano, que estamos mais acostumados. Sendo desenvolvida por Nicolas Jenson e, baseadas em linhas retas e curvas regulares, tinham como objetivo se diferenciar da escrita à mão.

 

E desde então, surgiram diversos tipos de fontes e formas, e logo depois, vieram os computadores, e mais um universo de possibilidades a serem mostradas nas nossas telas e claro, a oportunidade de criá-las. Resumindo, a tipografia é a uma arte. Que nos impressiona pela sua capacidade de transformação diária.

 

Conceitos básicos

 

Aqui listei algumas das considerações tipográficas mais importantes que profissionais de design precisam levar em conta:

 

01. Família tipográfica

Família tipográfica é o conjunto de fontes, com as mesmas características de estilo, porém com variações de espessura, popularmente conhecidas como regular, negrito, light, black, (bold), itálico, etc. Como exemplo, podemos citar as famílias Arial, Calibri, Tahoma, Gotham, entre outros.

 

Exemplo 1

 

02. Tamanho

Todos os tipos de letra possuem variações. Alguns são gordos e amplos, outros finos e estreitos. Assim, palavras definidas em tipos diferentes, podem ocupar uma quantidade muito distinta de espaço na página.

 

Exemplo 2

 

03. Leading

O leading é o espaço colocado entre duas linhas de texto. A palavra inglesa vem das lâminas de chumbo (lead) que eram utilizadas para este efeito. A medida da entrelinha é formada com a soma do corpo da fonte mais o espaço, ou seja, da linha de base a linha de base.

 

Exemplo 3

 

04. Tracking e kerning

Kerning descreve o ato de ajustar o espaço entre caracteres para criar um par harmonioso. Já o tracking, é o espaçamento de todos os caracteres e é aplicado uniformemente entre letras e palavras

 

Exemplo 4

 

05. Hierarquia e escala

Se toda tipologia fosse do mesmo tamanho, ficaria difícil de identificar a informação mais importante da página ou anúncio. Então, a fim de orientar o leitor, os títulos são geralmente maiores, subtítulos ligeiramente menores, e corpo é menor ainda. O tamanho não é a única maneira de definir a hierarquia, também pode ser alcançado com uma tonalidade de cor e peso.

Exemplo 5

 

Portanto, não preciso nem dizer que a tipografia virou não apenas uma área de estudo como também uma peça importante do design. Basta olhar para a quantidade de opções de fontes que temos em simples programas de edição de texto para ver a importância dos tipos.

 

E hoje, os diversos tipos de fontes tipográficas não se resumem a questão de estética: alguns tipos são mais efetivos para cada leitura, plataforma, mas esse é assunto para um próximo texto.

 

Por enquanto, fiquem com esse divertido vídeo sobre a tipografia.