Erro humano ou erro de usabilidade? Quando um design ruim pode ser fatal!

Publicado em 19 de janeiro de 2018 às 09:53

 

missele alert

Sair sem salvar o trabalho executado, pressionar o enviar antes da hora, quem nunca clicou no botão errado que atire a primeira pedra.  Nem sempre isso deve ser considerado um erro humano, pode muito bem ter sido causado por um design mal feito.

Um erro de usabilidade em um produto digital pode até provocar uma tragédia, dependendo da seriedade do problema que esse sistema controla. Foi isso o que o pessoal da HEMA (Hawaiian Emergency Management Alert) aprendeu na prática no último sábado.  Por sorte, nada de mais sério ocorreu.

Em meio às crescentes tensões entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos, a HEMA havia reinstalado recentemente suas sirenes dos tempos de guerra fria e o sistema de alerta de mísseis estava sendo testado desde então. O problema é que o design desse sistema também parecia ser dos tempos de guerra fria e exibia as opções assim:

imrs.php

Em meio a um monte de links para alertas que variavam desde rua fechada até tsunami, cada um escrito de forma diferente, havia duas opções relacionadas ao alerta de mísseis. A “singela” diferença elas era que a primeira mandava um alerta público e a segunda era só um exercício interno. No sábado, alguém clicou no link errado!

Depois dessa página, havia ainda uma tela de confirmação, mas quem clicou na primeira tela achando que fez a coisa certa não teria porque não confirmá-la, não é mesmo? Pra piorar, não havia como cancelar o alerta, pois o sistema que permitia o envio de alertas a civis, não permitia que uma segunda mensagem fosse enviada sem prévia autorização!.

C011BF24-E0D6-4BB7-9037-24111C71A253

Resultado: o alerta de míssel foi enviado para todos os telefones do Havaí e até mesmo exibido na TV local, causando uma onda de pânico que durou mais de meia hora, até que finalmente a agência obteve a aprovação para enviar o cancelamento do alerta.

Durante esse tempo, as pessoas assumiram que tinham apenas minutos de vida: correram pelas ruas, dirigiram em alta velocidade, se abrigaram em bueiros e mandaram mensagens de despedida para seus amigos e familiares. O alerta recebido no celular dizia “Míssel balístico a caminho do Havaí, procure abrigo imediato, isto não é um treinamento”. A mesma informação, com mais detalhes, era exibida em uma faixa vermelha na televisão.

Claramente, uma simples tela de confirmação para restringir uma ação dessa magnitude não era suficiente para impedir um erro. Quantas vezes a gente clica roboticamente nesses botões de ok? Além disso, não ter meios de corrigir um erro cometido, é um dos maiores erros de usabilidade que pode existir.

O sistema não vai ser mais usado até que as investigações sobre o incidente sejam concluídas, mas parece que a opção de enviar um cancelamento de alerta foi adicionada, mas pelo print acima, percebe-se que eles ainda precisam de muita ajuda com o redesign desse sistema.

E o funcionário que clicou no link errado? Bom, esse foi trocado de posto temporariamente, mas deveria mesmo era virar tester depois de  detectar essa incrível falha de usabilidade!

Os sistemas que você utiliza têm falhas de design? Entre em contato em conosco, nós podemos testar a usabilidade com seus usários e redesenhar o produto digital da sua empresa!

 

Just

155 Posts

DIGITAL PRODUCT DESIGN & DEVELOPMENT Agile company delivering software, pioneering tools and consulting to transform organizations.

Tags da publicação

Tecnologia Design usabilidade ux