Como fazer personalização de conteúdo do jeito certo?

Publicado em 09 de agosto de 2017 às 17:43

113414-como-fazer-personalizacao-de-conteudo-do-jeito-certo-para-cada-negocio

A personalização de conteúdo é um tópico quente para o marketing nos dias de hoje. Contudo, muitos gestores estão apenas começando a entender como realmente eles podem colocá-la em prática.

Anteriormente, um site personalizado — que exibe conteúdo ou um layout diferente dependendo de quem o está visitando — envolvia um pouco de trabalho pesado.

Atualmente, contudo, novas ferramentas e tecnologia estão tornando mais fácil para as empresas implementarem a personalização de conteúdo. No entanto, ainda há muitas escolhas a serem feitas quando se trata da melhor abordagem.

Pensando nisso, separamos abaixo algumas dicas para que você saiba como fazer a personalização de conteúdo do jeito certo para cada negócio! Acompanhe conosco:

O que é a personalização de conteúdo?

Imagine que 500 pessoas diferentes acessam a Amazon.com. Cada um vê uma versão diferente da página inicial. Por quê? É personalizado! Não é segredo o porquê de a Amazon fazer isso: a personalização do conteúdo aumenta os lucros.

A personalização de conteúdo e a segmentação são as próximas duas grandes técnicas que vão lhe dar o aumento de conversão que você deseja. Mas o que são elas?

Pense que as pessoas visitando um e-commerce, como a Amazon, têm intenções diferentes: alguns estão lá para comprar algo, outros simplesmente “dando uma olhadinha”. Existem ainda visitantes novos e aqueles que estão retornando uma segunda vez. Alguns não sabem nem porque estão lá e estão procurando uma saída.

Apesar disso, a maioria dos sites e landing pages exibem exatamente o mesmo conteúdo para todos os visitantes — não importa o que eles estão procurando ou como chegaram lá. Esses sites tentam recorrer a uma ampla gama de visitantes simultaneamente, e, portanto, não são muitos eficazes.

Não seria incrível mostrar conteúdo variado e call-to-actions personalizados para diferentes tipos de visitantes? Essencialmente, o e-commerce não venderia mais se seus visitantes sentissem que a página fala diretamente para eles? Essa é a ideia da personalização.

Como a personalização funciona?

A personalização permite segmentar diferentes conteúdos para diferentes tipos ou grupos de visitantes, com base em seu comportamento ou outros fatores. Ela funciona observando os dados que estão disponíveis para você sobre o visitante.

Itens como localização, palavras-chave que eles procuraram, anúncios em que eles clicaram, se eles já estiveram no site antes e também coisas como histórico de compras são comparados com um conjunto de variáveis ​​que você determinou.

Essas variáveis ​​podem incluir:

  • localização: cidade, país, região;

  • dispositivo: iPhone, iPad, telefone / tablet Android, Windows, Mac, Linux;

  • palavras-chave de pesquisa: eles chegaram enquanto procuravam sapatos ou camisas;

  • frequência do visitante: primeiro, segundo, terceiro, visitante da quinta vez;

  • data e hora do dia: proximidade com o dia de pagamento;

  • origem da URL: como eles chegaram no site;

  • histórico do cliente; já comprou antes, o que, quanto gastou;

  • comportamento de sessões: número de cliques de navegação, visualizações de página etc.

Existem muitas outras variáveis ​​que podem ser consideradas, como a idade e o gênero. As possibilidades são praticamente infinitas e depende muito da quantidade de informações que você já possui sobre os usuários e de como você quer segmentar seu conteúdo.

Mas aí você pode estar pensando agora que a personalização de conteúdo é valiosa, mas provavelmente é complicada e demorada. Felizmente, existem ferramentas digitais que podem ajudá-lo, como o CMS.

E, se você tiver dúvidas, compartilhe abaixo, que estamos sempre prontos a ajudá-lo!