Chatbots: saiba quando usá-los!

Publicado em 19 de junho de 2017 às 13:30

Chatbots
Desde que a internet começou a fazer parte da realidade dos consumidores, tornando-se acessível a todos, grandes inovações foram alcançadas na comunicação e interação entre empresas e seu público-alvo.

A cada dia, novos canais de atendimento são implementados, tornando a conversação entre o cliente e a marca muito mais dinâmica, prática e eficiente. Redes sociais, aplicativos de troca de mensagens e softwares de comunicação foram elevados a um novo patamar graças aos chatbots.

Essa tecnologia tem gerado soluções inovadoras para as empresas, criando vantagem competitiva para os negócios. Por isso, no artigo hoje mostraremos o que são chatbots e como podem ser usados.

O que são chatbots?

A tecnologia que foi subestimada durante décadas, por parecer um produto de filmes de ficção científica, hoje é muito real e tem sido integrada às atividades operacionais de empresas dos mais variados segmentos comerciais por conta de suas soluções eficientes.

Os robôs de comunicação — ou, como também são conhecidos, chatbots — são sistemas que têm capacidade para interagir com humanos em forma de conversação escrita ou falada por meio de algoritmos de inteligência artificial.

Basicamente, esses sistemas têm um grande volume de informações armazenadas em seus servidores, munindo-os não somente para oferecer soluções aos usuários, como também corresponder suas interações de forma inteligente.

Os chatbots também são capazes de "aprender" e evoluir seu nível de conversação com base no histórico de interações com o usuário, gravando dados como nome e preferências, para que o atendimento seja ainda mais eficiente.

Como os chatbots podem ser utilizados pelas empresas?

Automatizando o atendimento ao cliente

Como citamos, uma das aplicações mais populares dos chatbots é a automação do atendimento ao cliente. Pois, os robôs de conversação podem solucionar de forma autônoma os mais variados problemas dos clientes que entram em contato com a empresa.

Desenvolvidos para interagir com humanos, os chatbots são capazes de realizar serviços e procedimentos, pautando-se em resoluções de dúvidas e interações frequentes. Isso significa que podem reduzir filas de espera e otimizar o atendimento da empresa.

Reduzindo custos

Os chatbots trabalham com total autonomia e podem permanecer ativos todos os dias em tempo integral, dispensando a necessidade da empresa ter funcionários trabalhando no período da madrugada ou em feriados e finais de semana, por exemplo.

Além disso, como eles podem eliminar posições no atendimento e reduzir a fila de espera, a demanda de serviços torna-se menor e, consequentemente, diminui o número de atendentes necessários para cada período do expediente.

O resultado é uma significativa redução de custos para o negócio que pode ser percebida em curto e médio prazo após sua implementação.

Realizando tarefas básicas

Os robôs de atendimento podem realizar tarefas básicas e rotineiras como agendamentos e reservas, comumente utilizadas por restaurantes, hotéis, consultórios, concessionárias e eventos.

Ou seja, a empresa pode aliviar a carga de procedimentos mecânicos dos funcionários, permitindo que eles se dediquem a tarefas mais importantes, além de melhorar sua produtividade e tornar o negócio mais competitivo.

Nosso artigo sobre como os chatbots podem ser usados nas empresas foi útil para você? Então assine nossa newsletter para acompanhar todas as postagens semanais!